Sendo discutido

músicas explícitas

  • 6 Agosto 2019
  • 5 respostas
  • 327 exibições

Reputação 3
Crachá +1
Curto músicas explícitas, mas as vezes fica difícil de identificar quais são as versões explícitas e quais são as clean. A deezer poderia adicionar o 'E' de explícito ao lado da música pra dar essa facilidade ao usuário.

No print abaixo mostra que não há qualquer diferenciação entre as versões, pra saber qual é explícita e qual é clean preciso escutar as duas versões.


5 comentários

Reputação 1
Nunca reparei, mas ótima sugestão

Isso é meio grave. Se buscar “Lemonade” no Deezer simplesmente aparecem dois álbuns idênticos com o mesmo número de faixas, nada diferenciando os dois. 

Cara, isso é grave demais, demais mesmo. Reparei que isso vem acontecendo e dei um google, verifiquei minha data de nascimento, as configurações de conteúdo explicito e simplesmente não tem. O Itunes, Apple Music e Spotify e Tidal, mostram a tag E, tem a opção de desativar ou ativar, já no Deezer não existe e simplesmente não mostra os albuns explicitos na pagina do artista. 

 

Final do rolê, eu preciso pesquisar o album, o Deezer me da dois resultados do mesmo album, sem deixar claro qual é explicito e eu tenho que adivinhar qual é a versão explícita entre os dois.

E aqui é a pesquis direta do album
Aqui são os albuns do artista na página do artista

 

Infelizmente não tive resposta nenhuma dois meses depois de procurar o suporte e ser orientado a esperar o contato deles… E infelizmente isso me aborreceu que migrei para outra plataforma. Aos que esperam que a Deezer faça alguma coisa, eu aviso, não foi feito até o momento dessa resposta e é um problema grave que merece atenção urgente.

Reputação 3
Crachá +1

Infelizmente não tive resposta nenhuma dois meses depois de procurar o suporte e ser orientado a esperar o contato deles… E infelizmente isso me aborreceu que migrei para outra plataforma. Aos que esperam que a Deezer faça alguma coisa, eu aviso, não foi feito até o momento dessa resposta e é um problema grave que merece atenção urgente.

Finalmente arrumaram essa falha e diferenciaram os conteúdos 

Responder